segunda-feira, 11 de maio de 2009

...E riscos!


Juro que tentei um desenho certo, exacto, limpinho...
Nem que fosse por uma questão de exercício de mãos, de dedos, de cores...
Nem que fosse para experimentar, para ver se era capaz...
Tentei reproduzir a "coisa", precisamente como a via: perfeita!
E depois de um grande aborrecimento a tentar copiar o que a natureza faz muito melhor que eu, não resisti a pôr uns "borrões" por cima...
Decididamente, o perfeito não me cabe.
Não tento mais!!!

8 comentários:

sissi disse...

Continua assim minha amiga. Mesmo com esses "borrões" como tu lhes chamas eu gosto muito.
Beijos.

Vasco disse...

A mim, parece-me uma esterlícia, logo, algum jeito deves ter. E não é pouco! Beijo!

Maria, Simplesmente disse...

Mena que perfeição querias depois de desenhares esta maravilha de cores, linhas, desejo, imaginação?...
Eu é que nunca seria capaz de desenhar algo parecido, pois nem a minha imaginação, traço, e amor no que faço chegam aos teus.
Completamente rendida aos teus borrões digo-te: adoro.
Bj

Anónimo disse...

Gosto de estrelícias,o teu desenho
está lindo,mas o que precisamos é
das vermelhinhas...não é verdade?

Bjos
Maria Papoila

Mena G disse...

Obrigada, Maria!
Vermelhas sim, é o que é preciso.
Muitas papoilas!

Maria de Fátima disse...

estes aguarelares são tão plenos de vida, tão luminosos
lindos é dizer deles pouco
escorre-lhes por ali sangue e têm pele

Nilson Barcelli disse...

Juro que gosto...
Ficou lindo querida amiga, parabéns pela tua arte.
Um bom fim de semana.
Beijo.

LUA DE LOBOS disse...

ehehehe tu sabes é muito... conta-me estórias que eu vou acreditar :::)) mas que grande aguarelista que tu me saíste!!!
Parabens minha amiga
xi
maria de são pedro